Gildo Araújo

Foto: reprodução

opinião

Virou Novela Mexicana? Em Campina, só se fala no Rompimento de Bruno com Romero - Por Gildo Araújo

Em Campina Grande, não se fala em outra coisa, até parece que a política da Rainha da Borborema transformou-se em uma novela mexicana que ficou conhecida por sua trama emocionante, melodrama e romance, como a Usurpadora, Maria do Bairro, ou daquelas séries que também abordam temas políticos como “House of Cards” em que um congressista americano faz de tudo para conquistar seus objetivos, não importa o que aconteça.

Foto: Internet

Opinião

Política da Ingratidão: Por quê o PT desprezou Ricardo Coutinho? - Por Gildo Araújo

A política brasileira é realmente recheada de caminhos tortuosos, assim como é a vida de qualquer ser humano. Para sobreviver nela, é preciso muito equilíbrio emocional e, acima de tudo, ter a consciência de que a qualquer momento tudo pode mudar. Essa parece a cena do cotidiano do ex-governador Ricardo Coutinho que um dia foi a maior liderança política do Estado da Paraíba, e hoje, até mesmo o seu próprio partido, a quem sempre foi defensor de seus ideais, lhe despreza e o deixa no ostracismo das discussões nacionais.

Foto: Internet

Opinião

Com a chegada de Veneziano ao Grupo Cunha Lima, Romero Rodrigues fica ou sai? - Por Gildo Araújo

Quem acompanha a política campinense tem observado que gradativamente o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) vem cedendo espaço e já acena sobre a possibilidade da presença do grupo do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) em seu governo; algo que até pouco tempo o próprio gestor campinense dizia que era apenas especulação, mesmo toda Paraíba sabendo que o senador Veneziano Vital estaria enviando diversos recursos para a administração de Campina Grande, inclusive, sendo o principal articulador junto ao senado federal na aquisição de um empréstimo no valor de R$ 260 milhões com o Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fontplata).

Foto: Reprodução

Opinião

Eleições 2024 e 2026: Como ficam os Progressistas e os Ribeiros? - Por Gildo Araújo

Desde meados do mês de abril, quando o governador João Azevedo e todo o seu staff político promoveu um encontro para as novas filiações partidárias ao PSB, em que se filiou 73 novos prefeitos – agora chegando a um total de 78 chefes de executivos paraibanos – causou um verdadeiro frenesi em outros partidos, a exemplo do União Brasil, que percebendo a possibilidade de perder espaço, imediatamente promoveu uma reunião para também filiar em seus quadros partidários alguns prefeitos, como André Gomes de Boa Vista, Expedito Cesário de Triunfo e Félix Henrique de Santa Inês, entre outras lideranças.

Foto: Internet

Opinião

Eleições 2026, Já? Evento De Pré-Candidatura De Efraim Para Governador? - Por Gildo Araújo

A política paraibana é realmente sui generis. Há quatro meses apenas de sua posse no Senado da República, o qual foi eleito para um mandato de oito anos, o senador Efraim Filho do União Brasil, realizou na última sexta-feira (28), um evento cujo objetivo era a realização de novas filiações da sigla partidária na Paraíba; no entanto, pasmem, o evento se transformou em uma solenidade de pré-candidatura do senador Efraim Filho ao Governo da Paraíba em 2026.

Foto: Redes Sociais

Opinião

Governo João Azevedo: Momento de Equilíbrio Econômico e Político - Por Gildo Araújo

Depois de passar por prolongados tempos de turbulências, quando diariamente a Paraíba parecia ter virado “Clichê” em noticiário nacional com tantas informações ruins, nos últimos anos, houve uma mudança drástica. Sem dúvidas, o reflexo de tudo isso se atribui à desenvoltura das gestões do governador João Azevedo, que adotou ações estratégicas para que seu Governo evitasse os confrontos antes existentes, e consolidasse uma postura de diálogo com todos os órgãos governamentais e instituições privadas.

Foto: Internet

Opinião

Eleições 2024 e 2026: A Última Cartada Política do Senador Veneziano - Por Gildo Araújo

Depois de várias intempéries políticas dos últimos anos, quando não conseguiu eleger sua esposa Ana Cláudia, prefeita na cidade de Campina Grande em 2020; e logo no início de 2022 ter anunciado o rompimento como o governador João Azevedo, tendo sido fragorosamente derrotado na eleição para governador do Estado da Paraíba, o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) parece ter feito uma análise e notadamente observou que esse seu retrocesso político tenha sido oriundo de estratégias erradas na condução de suas articulações.