BASTIDORES DA VISITA: Barrados, celular de político roubado, confusão nos fundos do palco e Lula pedido em casamento

Publicado por:

Publicado em :

A tão esperada visita do ex presidente Luís Inácio Lula da Silva às águas do São Francisco que finalmente chegaram em Monteiro teve muita comoção, um sentido de unidade forte, mas também foi recheada de gafes e momentos constrangedores.

Um dos idealizadores do evento da teve sua presença barrada no palanque. O cerimonial não pediu que o deputado Jeová Campos descesse do palco. O deputado elegantemente desceu do palco para evitar confusão. O mesmo não aconteceu com o deputado estadual João Henrique (DEM) que se estranhou com um segurança que não permitiu a entrada de seu assessor no palco.

A prefeita de Monteiro foi outro nome negligenciado pelo cerimonial do evento. Anna Lorena (PSDB) não foi mencionada, nem convidada para subir ao palco. Segundo informações a prefeitura não recebeu nenhuma notificação sobre a interdição das ruas.

Mesmo com o cantor e compositor Chico Buarque faltando ao evento não houve espaço para a prata da casa brilhar. O cantor e compositor monteirense Flávio José não teve espaço no evento e a cidade se sentiu desprestigiada pelo esquecimento.

O ex prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) teve seu celular furtado no meio do evento e deve ter levado uma péssima impressão da Paraíba.

E a visita também teve a uma vibe casamenteira. Ainda de luto pela morte da companheira de mais de 30 anos, Marisa Letícia, Lula é um partido disputado. Uma mulher levou uma placa com um pedido de casamento ao ex-presidente. Acreditamos que o ex presidente deva continuar sem alterar seu estado civil por um tempo.

Fonte: Polêmica Paraíba


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários