Sem perder há quase dois meses, Auto Esporte recebe o Campinense no Almeidão

Publicado por:

Publicado em :

Donos das maiores séries invictas do Campeonato Paraibano 2017, Auto Esporte e Campinense se enfrentam logo mais, às 20h30, no Almeidão, no encerramento da 13ª rodada. E o pensamento das duas equipes é o mesmo: se consolidar cada vez mais no G-4.

Terceiro colocado com 19 pontos, o Macaco pessoense não perde há quase dois meses, quando caiu diante do Botafogo-PB na quinta rodada (22/01).

Já a Raposa, que ocupa a vice-liderança com 22 pontos, perdeu a  última vez justamente no Almeidão, em jogo válido pela sexta rodada, ante o Internacional-PB (1 a 0), no dia 29 de janeiro.

Para o duelo de hoje o Auto entra em campo com uma certa turbulência. No início da semana a diretoria dispensou o zagueiro Moisés, titular da equipe, e o atacante Williams Recife, pouco aproveitado.

Em áudios que vazaram nas redes sociais e até em entrevistas, o defensor externou que a situação do Alvirrubros das Mangabeiras é ruim: salários atrasados, alimentação de péssima qualidade e falta de estrutura.

A diretoria até admite o pequeno atraso no pagamento, mas nega as outras acusações.

Já no Campinense, que vive bom momento na Copa do Nordeste, mas vem de empate em casa no estadual, o técnico Sérgio China mais uma vez tem problemas para montar a equipe.

Por exemplo: o treinador não tem sequer um lateral esquerdo à disposição para escalar. Em compensação, o comandante rubro-negro ganhou as opções do lateral direito Osvaldir e do meia Fábio Gama, regularizados ontem.

Arbitragem

João Bosco Sátiro é o dono do apito para Auto x Campinense. Sousa Júnior e Tarcísio José são os assistentes. Renan Guilherme é o árbitro reserva.

Prováveis escalações

Auto Esporte: Danilo, Tiago Bob, Fábio Bilica, Jefferson; David, Tadeu, Naldo, Léo Lima, Gil Bala; Isaías, Van Basten. Técnico: Maia

Campinense: Glédson, Duda (Osvaldir), Joécio, Rafael Jensen, Fabinho; Magno, Fernando Pires, Diego Torres; Maranhão, Augusto, Casagrande. Técnico: Sérgio China.

Fonte: Voz da Torcida

Créditos: Phillipy Costa


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários