Leia também

Auxiliar de cozinha paraibano morre após ter 40% do corpo queimado pela ex-namorada

A morte de Luan foi anunciada pelo pai, o taxista Ednaldo Dantas, 47. De acordo com ele, no sábado, a mulher chamou o rapaz para conversar na casa dela e, durante uma briga, jogou álcool e colocou fogo no filho.