“Senhores poderosos” dos tempos de hoje! No fim o sujeito chora, se entristece, se arrepende e se desespera – Por Rui Galdino

Publicado por:

Publicado em :

“Senhores poderosos” dos tempos de hoje!


Por Rui Galdino Filho ( advogado e jornalista
Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Vejam como as coisas são! Todo governante quando está na reta final de seu mandato ou governo e não tem mais direito à reeleição, nem perspectiva de um novo poder em seguida, começa a sofrer um isolamento natural dos “amigos do poder” e de outras coisas a mais, e também começa a se preocupar, com a quantidade de amigos que vai ter depois, para pelo menos lhe dar um bom dia!
Eu conheço gente, que ao deixar o poder, ficou tão isolado e esquecido, que logo veio a depressão. Conheço outros, que inclusive, chegou até cometer suicídio. Conheço até alguns, que nem podiam escutar o telefone tocar que corria para atender!!! Tem um ainda hoje, que quando a companhia da sua residência toca, ele logo corre e até chega primeiro que o seu cãozinho, para saber quem é. Que tristeza!!!!
O poder é bom, é delicioso, é apaixonante, representa força, status, prestígio, etc, porém, não é todo mundo que sabe ter poder e que pode ter poder. Isso mesmo! Tem um ditado que diz: “ quer conhecer fulano, dê poder a ele ”!!! É. Triste do poder que não pode! Pois bem. Conheço gente que vivia bem e em paz, porém, quando assumiu o poder, foi um desastre pessoal e familiar em suas vidas. E o pior é que tem gente, que pensa que o poder é eterno e não se acaba nunca, e aja tripudiar sobre as pessoas e os seus semelhantes…
Às vezes, mesmo sem merecer, Deus, na sua infinita sabedoria e glória, da poder a alguns, para testá-lo. Uns, correspondem ao Criador, outros, infelizmente, tem sido uma grande decepção para o Criador. Nas ditaduras, o poder emerge de um pequeno grupo. Nas democracias, dizem que o poder emana do povo. Será isso mesmo? E aquele poder que é comprado, principalmente, com dinheiro do próprio povo?

Leia Também:   DEZ TORPEDOS GALDINIANOS: Agora, Pedro Cunha Lima, está mandando recados para Romero. Será que é tudo encenação ? - Por Rui Galdino

Para mim, o verdadeiro poder, é aquele oriundo da lei natural da vida, ou seja, é o poder que vem de Deus! Aliás, nada acontece sem a autorização do Criador. Quem quiser que brinque com Deus!! Todos que brincaram e ainda brincam com Deus, o desmantelo tem sido grande em suas vidas ontem e hoje, e será sempre assim. Deus, é o verdadeiro poder e Ele usa as suas criaturas em todo o universo, para administrar bem o PARAÍSO que Ele nos ofertou.
Pena, que pouca gente ainda não percebeu este fato. É triste observar tanta gente chegar ao poder e fazer um amontoado de besteiras e muitas vezes nada fazer. O poder é uma bênção de Deus, é um pouco de Si para com as suas criaturas. Então, por que não fazer a coisa certa? Claro que tem exceções, porém, a maioria querem o poder, para se locupletarem. Outros, por vaidade. Outros, para roubar e enganar as pessoas, pensando só em si, nos interesses da família e de grupos. E assim vão!!
Como seria bom, se as pessoas que chegassem ao poder, fizessem a coisa certa. Procurassem usar o poder para ajudar o interesse da maioria dos seus semelhantes. Para fazer as verdadeiras mudanças e transformações que o mundo precisa. O poder é fantástico, quando se sabe realmente usar a força do poder para agradar a Deus e seus semelhantes.

Pra que ter poder e nada fazer de bom? Pra que ter poder para perseguir seus semelhantes? Pra que ter poder para roubar e atrasar a vida de um povo e de uma geração? Pra que ter poder e se afastar dos amigos? Pra que ter poder e esquecer o seu passado? Pra que ter poder e tornar-se intolerante? Pra que ter poder e achar que é maior ou melhor que o próximo? Pra que ter poder e desagradar a Deus?
O fim do poder, quando é usado de maneira errada, é como os dias finais da vida. O sujeito chora, se entristece, se arrepende, se desespera, se converte a alguma religião, e muitas vezes se volta para Deus e pede uma nova chance, não mais de poder e sim de vida, e vida simples! Porém, é tarde demais! Deus, é misericordioso, no entanto, é implacável com as criaturas que usam e abusam da Sua vontade e do Seu nome.
É preciso saber, que as cobras, nunca terão asas e viverão eternamente se arrastando pelo Paraíso. Usar o poder para fazer o bem e a coisa certa, é o que Deus quer de cada um de nós. Como é bom, chegar e exercer o poder, e quando sair, ser respeitado e ter aumentado a quantidade de amigos e admiradores. Como é bom chegar e exercer o poder, e quando sair, saber que deixou obras, serviços e exemplos a seguir.
Pensem nisso, “senhores poderosos” dos tempos de hoje!!!!

Leia Também:   Cássio: “Renan pode muito, mas não pode tudo”

Fonte: polemica

Créditos: rui galdino


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários