O FUTURO DO PT: Os desempenhos distintos de Dilma e de Cartaxo também vão pesar no futuro à frente. – Por Walter Santos

Publicado por:

Publicado em :

site_do_pt

O futuro do PT no Brasil e na Paraiba
Sábado, abril de 2015. A rigor não é só o Partido dos Trabalhadores da Paraíba, posto que todos os diretórios espalhados no País, sem exceção, estão com esta missão precípua de traduzir os desafios do PT da conjuntura atual em diante, sobretudo com a carga incessante da Grande/Pequena Mídia aliada de setores da classe média para acima querendo destruir de vez o partido.
Só que a discussão está a exigir não só conceituações de causas e efeitos dos desgastes acumulados do Mensalão para cá, apensar de senões, inexistências de provas, mas o fato é o que PT entrou na mira da Elite de uma forma geral espraiando desde há muito o conceito chegando em classe sociais que foram beneficiadas pelos Governos do PT.
Como este conjunto de símbolos e valores está se processando na Paraiba, em João Pessoa, onde o partido tem o único prefeito do Nordeste, Luciano Cartaxo?
São duas conjunturais distintas mas que precisam ser avaliadas de forma segura e pés nos chão, sob pena de perder-se uma grande oportunidade de ajustes de rumos.
LUCIANO PEDE UNIDADE
O prefeito de João Pessoa pediu confiança na presidente Dilma e destacou que é necessário fortalecer a unidade do PT, pois entende que toda a melhora na vida dos pessoenses e demais brasileiros nos últimos anos tem a mão do partido.
PLANO LOCAL
O PT não avaliou a fundo neste sábado sobre as questões especificas da Paraiba, do seu futuro até 2016, porque a lente e foco estiveram voltados para a cena nacional de forte impacto e efeitos nas demais instâncias.
Neste sentido, ainda será preciso acatar as Tendências internas do PT que divergem internamente sobre encaminhamentos, embora se alinhem na definição final que sairá do Congresso de Salvador.
A impressão é que o PT anda tonto sob os efeitos ruins da onda anti-PT e somente cuidando/resolvendo este importante quesito é que retomará caminhos mais ousados, embora a barra ande braba.
Em Salvador, tudo indica, o partido será refundado com desdobramentos somente aserem conhecidos quando o segundo semestre chegar.
DEPENDÊNCIAS
Os desempenhos distintos de Dilma e de Cartaxo também vão pesar no futuro à frente.
Hoje, com apertos, as politicas se voltam para ajustes e deflagração de medidas e serviços para retomar a onda de produção e resultados.
Em sendo assim, ainda vamos ter que esperar mais um pouco.

Leia Também:   ISOLAR CÁSSIO E MARANHÃO: E se Ricardo apoiar um dos Cartaxos em 2018? - Por Rui Galdino

Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários