O Brasil precisa de uma “Ditadura” Democrática URGENTE! – Por Rui Galdino

Publicado por:

Publicado em :

ditadura

Por Rui Galdino Filho ( advogado e analista político )
Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. A triste situação que o nosso país atravessa causada pela corrupção, está piorando cada vez mais. Quem roubou e continua roubando o dinheiro do povo, diz da boca pra fora, que é a favor das medidas de combate à corrupção, porém, na prática, age de maneira completamente diferente e luta desesperadamente e cinicamente na surdina, na tentativa de dificultar e até mesmo de não permitir, que leis mais severas e modernas sejam aprovadas em defesa do combate à corrupção.
Isso é uma vergonha, é uma afronta à decência e uma tapa na cara das pessoas de bem do nosso Brasil. Até quando o nosso país vai continuar sendo roubado e vilipendiado por indivíduos que se dizem “representantes do povo”? Qual o povo que essa “gente” diz representar? Eis a questão! O fato, é que o povo brasileiro acordou e não aguenta mais  presenciar tanta safadeza e corrupção em seu país. CHEGA!
Graças à Polícia Federal, Receita Federal, Ministério Público Federal e Justiça Federal, que alguns corruptos do dinheiro do povo começaram a ser punidos e presos. No entanto, isso só não basta. É preciso também recuperar todo o dinheiro roubado e aprovar novas leis no sentido de dificultar futuros roubos, facilitando as investigações e punindo com mais rigor os corruptos da nação. Mas, quem aprova ou não as leis, são exatamente essa “gente” que está envolvida com todo tipo de safadeza e corrupção. E agora?
Vocês acham que deputados e senadores corruptos vão aprovar leis que o prejudiquem e que dificultem os seus futuros políticos? Claro que não! É por isso, que a maioria deles são ricos e poderosos, pois, assim ficaram, roubando impunemente o dinheiro do povo. Desse Congresso que aí está, não podemos esperar nada de bom e de positivo para o povo, pois, é o pior e mais corrupto de todos os tempos.
Também é verdade, que no meio de todo este joio, existe algum trigo. Existem deputados e senadores de bem e não corruptos, porém, são pouquíssimos e nada podem fazer, pois, a vontade da maioria que é corrupta, sempre prevalece. E agora, o que fazer? Fechar o Congresso e convocar as Forças Armadas? Como cortar gastos, diminuir vantagens, tirar privilégios, acabar com mordomias, etc, se a maioria dessa “gente” que diz nos representar não querem fazer?
Se o dinheiro do povo brasileiro fosse aplicado corretamente e sem roubalheira, seríamos o país mais rico e respeitado do mundo. O nosso problema é a corrupção e a desordem, por isso, não temos o devido progresso.

Leia Também:   Deca deseja sair da qualidade de coadjuvante na política, para ter seu próprio espaço - Por Rui Galdino

Infelizmente, as nossas prisões estão superlotadas de pobres, pretos e ladrões de galinha. Enquanto isso, os grandes ladrões da nação, estão soltos e se achando os verdadeiros paladinos da moralidade. No Brasil de hoje, os valores estão todos invertidos e isso não pode mais continuar assim!
E o pacote de leis contra a corrupção? KKKKKKK! Além de ter sido totalmente alterado pelos deputados federais, agora, estão querendo inibir e punir os que estão investigando toda a safadeza. Pode? Pode sim. No Brasil, enquanto não chegar ALGUÉM que tenha coragem para mudar essa realidade, tudo pode! E não se enganem, pois, a safadeza e a corrupção vão continuar. Aonde estão os homens e mulheres de bem desse país? Aonde estão as nossas Forças Armadas?
Falaram tanto dos governos militares. Lembram? E agora? O Brasil está vivendo uma bagunça generalizada, sem ordem e sem rumo. Aqui, o mal está vencendo o bem e isso não pode continuar, pois, o bem deve prevalecer. Os militares cometeram excessos, porém, eu nunca ouvi dizer que eram ou são corruptos. E os civis? Meu Deus, foi pior! E agora, pra onde vamos? Na verdade, o Brasil precisa de uma DITADURA DEMOCRÁTICA, ou seja, um regime forte, eleito pelo povo, que não permita baderna, nem corrupção e nem injustiça. Seja militar, seja civil, precisamos de um LÍDER corajoso e honesto. Alguém que tenha o respeito e a confiança do povo. Não vejo outro caminho!

Até quando as pessoas vão continuar trancafiadas em suas residências temendo a violência das ruas? Até quando o cidadão de bem não poderá ter e portar arma para sua defesa pessoal, patrimonial e familiar? Até quando políticos ladrões e cínicos vão continuar se elegendo e comandando o nosso país? Até quando as ruas e sinais de trânsito vão continuar sendo “privatizados” por flanelinhas, vendedores disso e daquilo, lavadores de para-brisas, etc? Até quando a marginalidade vai continuar comandando a periferia dos grandes centros? E a maioria da nossa juventude que frequenta escolas e universidades, mas, não estudam? E a grande massa jovem que está desempregada e sequer procuram empregos? E a tecnologia e religião que estão alienando e dividindo as pessoas? E o consumo do álcool, tabaco e drogas que aumenta a cada dia?
Na verdade, o Brasil precisa de um regime forte. Quando digo isso, não estou falando em ditadura militar. É bom não confundir as coisas! Estou falando numa democracia de governo forte. Aquele governo que o povo acredite e que dite as regras do jogo e as faça cumprir. Governo que não roube e que não permita roubar. Governo que não permita baderna e desordem. Governo que diminua o tamanho da máquina do estado pela metade e a faça funcionar com mais qualidade. Governo que combata as injustiças e que promova a paz social. Governo que corte privilégios, mordomias e salários acima do teto de todos os poderes constituídos. Governo que fortaleça as Forças Armadas, os órgãos de fiscalização e controle, as instituições de segurança, investigações e os órgãos julgadores.
Governo que acima de tudo, promova o ato de votar, o voto consciente e a importância de uma nova democracia para o país. Democracia essa, avessa à todo tipo de safadeza e corrupção. Um democracia que estimule a nossa juventude a estudar e trabalhar. Que incentive a produção. Que facilite as vendas. Que diminua a quantidade de impostos, combata a sonegação e arrecade melhor. Governo que feche as nossas fronteiras e combata o crime organizado. Governo que reformule o pacto federativo e distribua melhor os recursos com estados e municípios. Governo que tenha autoridade, respeite o povo e seja respeitado. Governo que coloque o Brasil nos trilhos do desenvolvimento e progresso. Governo forte e democrático, que prestigie o homem de bem, a dona de casa, o trabalhador urbano e rural, e que aja com mão de ferro contra toda safadeza, corrupção, desordem, vagabundagem, vandalismo e injustiça.  E a tudo isso eu chamo de “DITADURA” DEMOCRÁTICA!

Leia Também:   Segmentos conservadores da política temem o senador Lira por que não faz o jogo sujo - Por Rui Galdino

Fonte: polemica

Créditos: rui galdino


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários