MARANHÃO FEZ PIADA: “Aqui daria para fundar a Associação das vítimas políticas de Ricardo Coutinho”

Publicado por:

Publicado em :

15782690_1302019043187592_1156461797_n

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) resolveu sair da toca com tudo e depois de conceder entrevistas com mote principal de atacar o governador Ricardo Coutinho, ontem deu mais um passo na direção de 2018, desta vez iniciando o plano de isolar o senador José Maranhão.

Ontem, o PMDB da Paraíba realizou sua confraternização de fim de ano, mas o que menos se viu foi peemedebistas. Tucanos e pessedistas dominaram a festa e as fotos nas redes sociais. Nomes importantes do partido com o senador Raimundo Lira, e dois dos três dias federais, Hugo Motta e Veneziano Vital do Rego não compareceram. Este último, segundo apurou o Blog, sequer foi convidado. Outro detalhe que mostra qual prejudicial ao PMDB é a união com Tucanos, é que o ex-governador Roberto Paulino e o deputado estadual Ranieri Paulino, deixaram o restaurante Gulliver (isso mesmo, Gulliver. Sugestivo, não?) quando Cássio Cunha Lima, Pedro Cunha Lima e Rômulo Gouveia adentraram.

Ou seja, a festa que já estava esvaziada de peemedebistas de proa, ficou praticamente com Maranhão e Manoel Jr, o mais tucano dos peemedebistas. Isso é com certeza um presságio do que acontecerá com o PMDB e com Maranhão se insistir na aliança com o PSDB. Para Veneziano, deve ter sido mais difícil olhar as imagens do presidente do seu partido se confraternizando com seus adversários históricos em Campina Grande.

Ou talvez esse seja o alibi ou justificativa que faltava para o ex-cabeludo deixar o partido sem incorrer em infidelidade partidária. Poderia ele justificar que não tem mais como ficar no partido que se alia a seus adversários. Isso traria prejuízos incalculáveis a futuras disputas em Campina Grande.

Piada

Em um dos momentos da confraternização, o senador José Maranhão arrancou gargalhadas dos seus convidados Cássio, Rômulo e os Cartaxos, ao cochichar no ouvidos deles que a festa também poderia servir para fundar a Associação das Vítimas de Ricardo Coutinho. Só esqueceram que todos os casos, quem rompeu as alianças com Ricardo, foram eles.

Leia Também:   Segmentos conservadores da política temem o senador Lira por que não faz o jogo sujo - Por Rui Galdino

 

Fonte: http://marcosweric.com.br/noticia/1946/2016/12/29/cassio-inicia-plano-para-isolar-maranhao-em-2018-festa-do-pmdb-com-tucanos-era-o-motivo-que-faltava-para-vene-deixar-o-partido#.WGUsfbYrLq0

Créditos: marcos weric


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários