Luciano Cartaxo fecha o ano com resultados confortantes e acertou em deixar o PT – Por Walter Santos

Publicado por:

Publicado em :

O saldo de Luciano em 2015 e os desafios à frente

Luciano-Cartaxo

Por Walter Santos – Do Wscom

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, concluiu o ano de 2015 expondo um saldo que, com base em seus números, produziram resultados confortantes. De fato, sem grandes esforços, percebe-se fácil que, sem ser afetado pela Oposição e sem computar fatos desabonadores, como seu deu no plano nacional e regional, eis que 2015 lhe foi farto de números a seu favor.

No campo político, a decisão mais forte e estratégica foi mesmo a saída do Partido dos Trabalhadores para se manter na base aliada de Dilma Rousseff, através do PSD – partido de Gilberto Kassab.

Sem ser afetado pela pequena Oposição na Câmara Municipal, Luciano Cartaxo só veio a se incomodar meio da metade do segundo semestre do ano com a posição assumida pelo PSB e o governador Ricardo Coutinho de que vai lançar o Secretário de Infraestrutura, João Azevedo, para lhe combater e tentar tirá-lo da prefeitura.

Pelos dados existentes, enfim, 2015 no frigir dos ovos lhe foi favorável.

OS DESAFIOS, ALÉM DA LAGOA

O prefeito reuniu nesta sexta-feira, no Paço Municipal, sua equipe de secretários para avaliação conjuntural e projeção, segundo ele, de mais obras e serviços. Mais, praticamente, focou na conclusão de obras da Lagoa, mais moradias populares e serviços nas diferentes áreas.

Se este é o cenário político – administrativo previsto, Luciano Cartaxo vai precisar de mais volume para vitaminar sua reeleição, como a quantidade de habitação, etc, por vários fatores, entre os quais a fase de comparações que o esquema do Governador vai insistir em apresentar, como a dizer que, em termos de obras estruturantes em João Pessoa o Governo dispõe de uma quantidade de intervenções – Centro de Convenções, Escola Técnica Estadual, Trevo de Mangabeira, Viaduto do Geisel, etc de tamanho maior do que a Prefeitura.

Leia Também:   DEZ TORPEDOS GALDINIANOS: Agora, Pedro Cunha Lima, está mandando recados para Romero. Será que é tudo encenação ? - Por Rui Galdino

A rigor, Luciano se mantém como favorito na disputa de 2016, mas precisará redobrar as estratégias, sobretudo porque o seu adversário é um conhecedor minucioso dos bairros, dos problemas, alternativas e propõe uma base de Políticas Públicas muito consistentes para a fase de comparações, que vão ampliar depois do Carnaval.

Em síntese, Luciano vai precisar suar muito mais porque está diante de um adversário forte e em condições de ir para disputa pra valer como tamanho profissional e estrutura de quem tem vencido as batalhas recentes, no caso o PSB.

Para concluir, festejar 2015 é muito importante, mas sem ousar mais em 2016 pode enfrentar dores-de-cabeça eleitorais.
No tempo presente, só lhe resta comemorar.


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários