ELEIÇÃO INDIRETA 2017: Raimundo Lira, presidente do Brasil! – Por Rui Galdino

Publicado por:

Publicado em :

Por Rui Galdino Filho ( advogado e cientista político )

Lira-foto-oficial

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. A crise ética, moral, econômica e política, continua se agravando cada vez mais em nosso país. E a principal causa entre outras, é a corrupção do dinheiro público. Nunca se viu tanto roubo, safadeza, falta de autoridade e descrédito dos nossos políticos, como estamos vendo e presenciando nos últimos anos.

A coisa realmente está feia e fora de controle. Além disso, existe um grande desequilíbrio entre os três poderes da nação, pois, o Legislativo e Executivo, estão completamente envolvidos em escândalos, fora de sintonia e desmoralizados perante à opinião pública, pois, lá estão os representantes do povo, mas, que infelizmente, a grande maioria não tem a confiança, nem o respeito da população.

O Poder Judiciário, que também tem seus problemas, é o mais confiável e respeitado pelo povo brasileiro. Está no Judiciário, a esperança do povo em ver todos os corruptos da nação punidos, presos e com seus bens confiscados. Além disso, o Judiciário, além de sua função judicante, tem também legislado em várias ocasiões, para suprir as omissões e lacunas dos demais poderes, que não tem feito a sua parte.

Infelizmente, o governo do presidente Michel Temer, não está conseguindo tirar o país da crise moral e econômica que estamos vivendo. E todo dia, aparece uma novidade negativa dentro do governo, que gera desconfianças e impede novos avanços. Além disso, Temer, governa pressionado e de olho no TSE, pois, segundo informações, tudo caminha para a cassação da chapa Dilma/Temer em 2017. Eis a questão!

Acontecendo isso, teremos no próximo ano, uma eleição indireta para presidente da república, através do Congresso Nacional. E com isso, o Brasil terá um novo presidente, para concluir o mandato tampão até 2018. E aí, vamos ver como vai se comportar este Congresso atual, que está bastante desgastado e desacreditado perante a opinião pública, e que terá a importante missão constitucional de eleger indiretamente um novo presidente para o Brasil.

Fala-se nos bastidores da República, que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, já foi escalado pelo PSDB, para ser o presidente tampão, e com isso, trazer o partido de volta ao Palácio do Planalto. Dizem até, que FHC, já está se preparando para essa possibilidade e atuando nesse sentido. É o fogo amigo, já queimando pelas beiradas do governo Temer. O poder pelo poder!

Porém, é preciso lembrar, que dentro do Congresso Nacional, ainda existem deputados e senadores de reputação ilibada e com todas as condições de assumir a futura presidência da república. Entre eles, podemos citar, o senador paraibano Raimundo Lira, que tem feito um extraordinário trabalho em favor do Brasil e é respeitado e admirado por todos os seus pares.

Lira, que foi eleito e premiado recentemente como o 4º melhor parlamentar do Brasil, é um empresário bem sucedido, verdadeiramente ficha limpa, senador sério, honesto, destemido, trabalhador e que não tem rabo preso com seu ninguém. Indubitavelmente, será um fortíssimo candidato à presidência da república numa eventual eleição indireta para um mandato tampão. Afinal, queremos que qualidade de presidente para o nosso país?

Feliz do Brasil e dos brasileiros, se tiverem a oportunidade de ter o senador Raimundo Lira, como futuro presidente da república. Mesmo para um mandato curto e eleito de forma indireta, Lira, que tem credenciais éticas e postura republicana,  poderá ser a grande surpresa positiva que o povo brasileiro precisa e almeja. Além disso, será o ponto de equilíbrio e sensatez entre os poderes da nação e fará a travessia política que o Brasil clama com muita honradez e respeito à vontade popular.

Como brasileiro, torço pelo governo de Michel Temer, já escrevi inclusive, alguns artigos nesse sentido. Infelizmente,  o presidente Temer, não está conseguindo fazer o governo de sua vida. Precisa ouvir melhor as vozes das ruas, se livrar de assessores e políticos que só pensam em si, chamar o feito à ordem e promover urgentemente as mudanças necessárias que o país precisa.
Na verdade, é preciso sangue novo e de qualidade no governo de Temer. Pessoas diferentes dessas que aí estão. Não é possível governar bem, com assessores criando problemas, envolvidos nisso ou naquilo e desgastando o governo a cada dia. Enquanto isso, o TSE avança na apuração das contas de campanha de chapa Dilma/Temer.
E se esta chapa for cassada no próximo ano, como estão dizendo por aí, que o próximo presidente da república, eleito de maneira indireta pelo Congresso Nacional, seja o senador paraibano Raimundo Lira, pois, o nosso país não pode retroceder. Lira, é um empresário pragmático, decente, honesto, competente, trabalhador  e que jamais dará as costas ao povo brasileiro. Sem dúvida, Raimundo Lira, é um político diferente …

 

Que venha 2017!

 

Fonte: POLEMICA

Créditos: rui galdino


Compartilhe esta notícia com os seus amigos


Comentários

Comentários